Lua crescente

Sinto que estamos todas conectadas. 
Dizem que Lua crescente aponta a intenção pela mudança. 
No caminho encontrei mulheres que me acolheram, 
de cada uma recebi um punhado de força. 
Memórias ligadas pela ancestralidade.
Hoje tem Lua crescente no céu.
Na minha pele também.
Mudei.
Talvez seja esse o (re)começo.
Não estou sozinha.
Todas elas estão comigo.
Cada uma com sua própria história.

créditos da imagem @trilliantattoo

bruxas

As ditas “bruxas” na idade média – que morreram queimadas – eram mulheres extremamente poderosas, conectadas com seus ciclos e os da natureza, luas e intuição. Justamente por terem todo esse poder foram massacradas. […] Agradecer à sabedoria herdada, à vida que veio de tantas ancestrais até nascermos, e lembrar que tudo de bom que elas nos deixaram, segue conosco. Mas nos libertamos de toda dor vivenciada por elas para que sigamos nosso caminho livres! (texto Kareeemi)

eu, Vandinha (arquivo pessoal, 2021)
Nota

pedidos na primeira pessoa

Que eu seja forte e corajosa. Que eu não me perca de mim. Que eu sorria. Que eu mantenha minha fé. Que eu saiba reconhecer meu erro. Que eu respeite meu tempo. Que eu acredite no tempo. Que eu seja luz. Que eu seja amor. Que eu tenha saúde. Que eu tenha gratidão. Que eu cumpra as promessas feitas. Que eu escreva mais poesia. Que eu leia mais livros. Que eu escute mais músicas. Que eu continue encantada pela Lua. Que eu tome banho de mar. Que eu estude mais. Que eu realize meus sonhos bobos. Que eu realize meus sonhos sérios. Que eu pinte minhas unhas de colorido. Que eu não precise mais de remédio para dormir. Que eu viaje. Que eu tome banho de chuva. Que eu siga acreditando no poder do Universo. Que eu…

Imagem

dos aprendizados

Lua

“… pelas filhas que estão aprendendo a escutar a velha sábia da psique, aquela estranha sensação interior de nítida percepção, de audição, noção e ação intuitivas… pelas filhas que sabem que essa fonte da sabedoria interior é como a panela de mingau dos contos de fadas que, por mágica, nunca se esvazia por mais que se derrame seu conteúdo…

ESTÉS, Clarissa Pinkola. A Ciranda Das Mulheres Sábias: ser jovem enquanto velha e velha enquanto jovem. p.106.

imagem arquivo pessoal, 2020.