Gavetas abertas

eu figurinha

Uma semana tensa. Abri sem querer algumas gavetas que estavam esquecidas. Foi como bater o dedinho do pé na quina da mesa. Uma sucessão de quase oito dias machucando o mesmo dedo. Doeu muito. Tentei segurar o choro mas não consegui. As lembranças que eram nossas ainda me inquietam. Desconforto que não passa com remédio. É preciso muito mais que força para fechar cada gaveta.

Publicidade