Imagem

Nossos fantasmas

Que bom seria se todos os nossos fantasmas fossem “bom camarada”, como Gasparzinho. A gente têm encarado monstros, visíveis e invisíveis. Dois mil e vinte se assemelha a um trem fantasma desgovernado. Tenho a sensação de estar participando de uma película de ficção científica, em alguns momentos me sinto como um rato de laboratório, sendo testada a todo momento. Virei cobaia da vida. É sabido que o mundo virou de ponta cabeça e nossas vidas giraram 180° graus. Como diz meu aluno: “está tudo bugando”. Realmente “bugou”e não faço a menor ideia de como sair desse trem fantasma, que insiste em me assustar. Gasparzinho, você está aí?

crédito da imagem clique