texto de final de ano

Depois do almoço. Estou aqui, com fones no ouvido, escutando as músicas mais curtidas da playlist. Caderno e caneta me fazem companhia, não estou sozinha. Escrevo. As folhas em branco são em menor quantidade, escrevi muito nos últimos meses. Coisa demais. Não me vejo mais no fundo escuro, encolhida. Consigo ver luz. Estou de joelhos, ensaiando levantar. Parece texto de de final de ano, mas estamos no fim do ano mesmo.