Status

somos

Nosso instantes…

mandala lunar, 2022 – ilustração de Chana de Moura
Publicidade

não é apenas fazer força

Têm uma combinação de medicações, terapia, atividade física, leituras, estudos, meditação, oração, autoconhecimento, apoio da família, das amigas… é uma lista quase infinita.

Estou fazendo toda essa “engrenagem” rodar. É sobre isso, quando digo que existe um cansaço por ter que fazer força todo o tempo, cansa, muito.

Caminho, corro, tropeço, caio, choro, descanso e levanto novamente… Está sendo assim, todos os dias, me reencontrar e respeitar o que sinto. Sendo clichê, é uma mistura de montanha russa e trem fantasma.

Um texto autoajuda né? Quero deixar registrado que não sou a mais nova “zen iluminada”, é apenas meu processo. Estou me reencontrando e aprendi que está tudo bem chorar.

autoinvestigação

levei um susto ao escrever minha idade, preenchendo um formulário de pesquisas. aquela era eu - despida. marcas sem qualquer retoque. nos últimos dois anos, a idade não foi destaque. estava presa a dores, ainda estou, que doem na alma. 

a minha idade, acaba de fazer doer minha alma. sensação de que não há mais tempo. impressão de sonhos pausados em definitivo. estou ficando velha, embora as amigas digam que não. o espelho expõe meus traços. 

buscar o equilíbrio entre o "tempo passado" e o "tempo amadurecido" é a minha mais recente autoinvestigação.