ORAÇÃO À NATUREZA


“Abrir a visão aos mistérios da vida é ter caminhado com os pés no chão, com as mãos no universo, com os olhos na ancestralidade, com os ouvidos musicais e com o amor no coração. É assumir a felicidade da vida custe o que custar até a morte, mesmo que a alma sangre, mesmo que o desamor maltrate e as lágrimas sucumbam. E o milagre explode: a sabedoria dos tempos! Por isso, oremos à natureza para que a justiça se faça.” Eliane Potiguara

*fonte: Manda Lunar 2022, p.137

Citação

por Conceição Evaristo

Fonte: Universa UOL

“Aconselho a cada mulher, em 2022, a buscar descobrir sua importância na corrente da vida e a saber que se um elo se quebrar, a dilaceração, mesmo que imperceptível, é do universo, do mundo. Aconselho que cada mulher segrede no ouvido da outra, os seus planos, suas intenções, seus propósitos, desejos e direitos para que a outra escute bem e ao escutar, saiba reconhecer que a voz da sua semelhante se parece muito com sua própria voz e, assim, se reconheça na voz da outra.

Aconselho que cada mulher fique atenta à violência que nos cerca, não para sucumbir ao medo, mas para elaboração de modos de defesa para nossos corpos e mentes, a partir mesmo de nossas potências como geradoras e mantenedoras da vida. Que cada uma possa entender o sentido de sua vida e do seu trabalho nos mais diversos campos de atuação.

Quem é da cozinha, da arrumação, da limpeza, da sala de aula, afirme com seus gestos que a organização da vida cotidiana não existe sem nós. O cotidiano flui sob o nosso comando e assim, todas as mulheres vão poder exigir, com mais veemência, os seus direitos, assim como exigir respeito. O mundo nos deve esse reconhecimento, somos dignas.”