a sociedade está involuindo

♀️ Alerta de textão ♀️

Difícil acreditar que estamos no século XXI. É INACEITÁVEL que planos de saúde exijam o consentimento do marido para autorizar a realização do procedimento de inserção de DIU (dispositivo intrauterino), método contraceptivo.
.
Mais um dos absurdos do CAPITALISMO=PATRIARCADO=MACHISMO. A posse do nosso corpo NÃO PODE E NÃO DEVE ser de outra pessoa além de nós mesmas.
.
Abaixo compartilho um texto muito lúcido sobre essa exigência.
.
Reposted from

@debora_d_diniz A jornalista Victoria Damasceno me ligou. O pedido era inusitado: o que eu teria dizer sobre a obrigatoriedade de consulta ao marido para mulheres que buscassem um DIU? Sim, a pergunta era essa—marido, namorado, companheiro, o homem de uma relação afetiva-sexual tem o poder de vetar que uma mulher use um DIU?

Cheguei a duvidar do que a jornalista me contava: planos de saúde exigiam o consentimento dos maridos para o uso de DIU. Ainda assim descreviam os homens com poder de decisão: maridos.  Só não pensei que estava fora do tempo, talvez no século 19, porque DIU foi desenvolvido nos anos 1960.

As razões devem ser comerciais, como sempre fazem os planos de saúde. Ao exigir essa figura civil do marido, nem todas as mulheres se apresentam em conjugalidade para a decisão de um método. Imediatamente, se reduz a demanda. Há as sozinhas, as solteiras com companheiros, as sozinhas com companheiras e companheiros, e tudo mais que a imaginação e desejo puder nos levar.

Mas é também o patriarcado alimentando o capitalismo feroz. A lógica da restrição de acesso a um serviço se move por uma racionalidade patriarcal de controle dos corpos das mulheres. As mulheres seriam propriedade dos homens que se apresentem como maridos, a tal ponto que a vontade deles decidiria se ela usa ou não um DIU.

Há poucas situações em nossas vidas que estamos, verdadeiramente, diante de um dilema moral. Aqui é uma delas: se o marido diz “não”, não há DIU. Só há duas respostas possíveis a essa pergunta infame dos planos de saúde, consentir ou não consentir, e ambas são atribuídas ao patriarca.

Alguém duvida de como o patriarcado está entranhado em nós?

6 comentários sobre “a sociedade está involuindo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s